Essa vai pra quem acabou de reinstalar o seu querido Ubuntu e precisa modificar o .bashrc para exibir os ramos (Branch) do git no terminal.

Vou exibir um repositório que está na Branch Master, sem antes de realizar as configurações.

Para exibir os ramos do Git, abra o seu aquivo ~/.bashrc com o comando abaixo

$ nano ~/.bashrc

E substitua todo o bloco de script abaixo

if [ "$color_prompt" = yes ]; then
    PS1='${debian_chroot:+($debian_chroot)}\[\033[01;32m\]\[email protected]\h\[\033[00m\]:\[\033[01;34m\]\w\[\033[00m\]\$ '
else
    PS1='${debian_chroot:+($debian_chroot)}\[email protected]\h:\w\$ '
fi
unset color_prompt force_color_prompt

Por este

# Add git branch if its present to PS1

parse_git_branch() {
 git branch 2> /dev/null | sed -e '/^[^*]/d' -e 's/* \(.*\)/(\1)/'
}
if [ "$color_prompt" = yes ]; then
 PS1='${debian_chroot:+($debian_chroot)}\[\033[01;32m\]\[email protected]\h\[\033[00m\]:\[\033[01;34m\]\w\[\033[01;31m\]$(parse_git_branch)\[\033[00m\]\$ '
else
 PS1='${debian_chroot:+($debian_chroot)}\[email protected]\h:\w$(parse_git_branch)\$ '
fi
#unset color_prompt force_color_prompt

Observe que a linha (unset color_prompt force_color_prompt) foi comendata com o simbolo de #, salve o arquivo e feche o editor nano com a sequência Ctrl+O, Enter, Ctrl+X

Fecha e abra novamente o terminal na pasta do seu projeto com git e pronto a marcação de branch está lá

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *